Dicas

Sem dúvida, a integração entre a cozinha e o living é uma das principais tendências na arquitetura e no design de interiores. Ela aproxima as pessoas, facilitando a circulação entre os ambientes. Além disso, esteticamente, garante um visual contemporâneo à casa. Porém, vale lembrar que é preciso um cuidado extra com recursos que impeçam a dispersam da gordura proveniente do preparo dos alimentos. Logo, coifas e exaustores extremamente eficientes são fundamentais. Mas, também vale destacar uma dica sobre a marcenaria, que pode ajudar na manutenção de um aspecto mais limpo da cozinha e de todos os outros ambientes integrados a ela como salas de estar e jantar. Revestimentos brilhantes acabam deixando aquela camada de gordura acumulada mais evidente, mesmo que seja apenas de 1 ou 2 dias. Então, é melhor optar por materiais foscos. Claro que isso não significa que não precisam ser limpos, mas os ambientes integrados permanecerão mais apresentáveis até a limpeza semanal de costume.

#grupoprimeiralinha #primeiralinha #moveisplanejados #moveisplanejadosdealtopadrao #highendfurniture #ambientesintegrados #integracao #cozinha #living #salas #saladeestar #saladejantar #revestimentos #revestimentosfoscos #arquitetura #designdeinteriores #decoracao #decor

Fotos: Reprodução

Cabeceira junto à parede com janela Como conseguir um resultado sofisticado?

Ao escolher onde posicionar a cama no quarto, recomenda-se que a cabeceira não fique encostada na parede com janela, pois esse posicionamento costuma dificultar a composição do décor do ambiente. No entanto, nem sempre é possível fugir desse posicionamento.
Continuar lendo

Escolhendo o modelo certo de cooktop

Na semana passada, comentamos sobre os cuidados necessários para instalar cooktops em bancadas de cozinhas. Afinal, existem alguns detalhes diferenciados para a sua instalação se comparada com a instalação dos fogões tradicionais. Além disso, há algum tempo, esse tipo de eletrodoméstico tem ganhado popularidade.

No entanto, além da instalação, que pede atenção especial com a bancada e a marcenaria, também é importante avaliar diferentes aspectos relacionados ao próprio cooktop. Assim, é possível fazer a escolha mais apropriada ao perfil dos proprietários da casa.

O mercado oferece modelos com até 5 bocas. A melhor opção deve ser baseada no número de moradores e também na frequência que eles cozinham em casa. Já as medidas da cozinha e da bancada são decisivas para definir o tamanho do eletrodoméstico.

Em relação ao aquecimento, há três tipos de cooktops: elétrico, elétrico por indução e a gás. O último é bastante similar ao fogão tradicional. O elétrico apresenta algumas características diferenciadas, por exemplo, aquece rapidamente, mas demora para esfriar. Enquanto o elétrico por indução funciona apenas com panelas magnéticas. Elas precisam estar em contato as “bocas”, que aquecerão por indução magnética. Outra particularidade é o esfriamento rápido, o que o torna mais seguro.

Fotos: Reprodução
cooktop 1

cooktop 2

cooktop 3

cooktop 4

A cor da cozinha influencia na limpeza?

Atualmente, as cores claras são as preferidas para a marcenaria de cozinhas, como tons de bege e cinza, além do popular branco. No entanto, ao escolher a cor para a cozinha, vale lembrar que, de certa forma, ela influenciará na limpeza desse ambiente.

Em espaços claros, a sujeira fica mais evidente. No caso das cozinhas, não é diferente. Logo, a manutenção deve ser frequente e detalhada. Já armários em tons mais escuros não deixam a sujeira tão visível. Assim, elas podem “passar batidas” (mas claro que a sujeira continua lá).
Continuar lendo

Por que apostar no Feng Shui?

O Feng Shui tem origem chinesa e procura organizar a casa de forma a garantir bem-estar aos seus moradores. Considerando as forças antagônicas do céu e da terra (yin e yang), ele indica a posição ideal de peças e objetos distribuídos pelos ambientes, permitindo o melhor fluxo de energia, além de recomendar cores favoráveis para diferentes emoções.

Dessa forma, há quem considere essa técnica chinesa para compor o décor de casa. A partir dos desejos dos moradores, diferentes aspectos são analisados e indicados. Por exemplo, para garantir prosperidade para o lar, o hall de entrada da casa deve ser bem iluminado. Além disso, deve ser amplo e, caso tenha medidas reduzidas, é indicada a disposição de espelhos.

Para a união da família, é aconselhável manter o centro da área de estar o mais livre possível, além de não colocar peças do mobiliário de “costas” para a porta de entrada. Flores e plantas tanto nesse ambiente como na sala de jantar fortalecem os laços familiares. Especificamente na sala de jantar, recomenda-se o uso de mesas redondas ou ovais para o melhor fluxo de energia.

Quanto às cores, elas são responsáveis por estimular diferentes emoções e sensações. O amarelo, por exemplo, garante vivacidade e alegria. Enquanto o marrom e os tons terrosos levam equilíbrio e autocontrole para aqueles que moram na casa. As tonalidades vibrantes estimulam o bom humor.

Enfim, as recomendações são inúmeras. Há diversos especialistas em Feng Shui que podem ajudar como consultores, mas também existem arquitetos e designers de interiores que criam seus projetos considerando os princípios do Feng Shui.

Fotos: Reprodução
feng shui 1

feng shui 2

feng shui 3

feng shui 4

feng shui 5

Juntando o espaço externo das casas e a segurança dos apartamentos

Depois de falarmos sobre studios, lofts, penthouses e coberturas duplex, vamos comentar sobre um outro tipo de apartamento: o garden (também chamado de giardino). Ele ainda não é tão popular no Brasil, mas tem conquistado aqueles que buscam a segurança dos apartamentos e o espaço e aconchego das áreas externas de casas.

Continuar lendo

Pratos na mesa… e no décor da cozinha!

Definitivamente, o visual da cozinha está diretamente ligado aos armários, revestimentos e eletrodomésticos. Porém, detalhes, como alguns acessórios, dentre eles, luminárias-pendentes, porta-temperos e porta-facas, fazem a diferença.

Continuar lendo