Ao planejar banheiros e lavabos, com certeza, a escolha dos metais, sobretudo das torneiras, é um momento bastante prazeroso. Conferir as formas disponíveis, optar pelo tom preferido e analisar se quer peças com misturador duplo comando ou monocomando são alguns dos pontos considerados para eleger o modelo que melhor se encaixe ao estilo do décor.

No entanto, é preciso avaliar outros aspectos que influenciaram no funcionamento apropriado das peças e, assim, garantirão conforto e praticidade no seu uso diário. Um desses aspectos é a altura da queda d’água da torneira, pois, se essa medida não for adequada, os respingos serão inevitáveis.

Então, primeiramente, deve-se ter em mente que o tamanho da torneira deve ser proporcional ao da cuba ou do lavatório. Além disso, o jato d’água sempre deve ser direcionado para o centro do ralo da cuba.

Em geral, o bico de saída da água deve ficar entre 10 cm e 15 cm acima da borda da louça. Se o modelo for de bancada, o ideal é optar por um de forma alongada. Já peças de parede devem apresentar “corpo” com a mesma medida da distância da alvenaria ao centro da pia.

Fotos: Reprodução
torneira 1

torneira 2

torneira 3

torneira 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *